sábado, 24 de julho de 2010

DESAFIOS

Quando comecei com este blog foi com o objetivo de botar os meus neurônios para trabalhar, e acabou se transformando numa colcha de retalhos. Tem de tudo um pouco.

Viver é um desafio e viver bem é uma arte. Eu procuro vencer os desafios para viver bem.

Quando se aproxima o meu aniversário mesmo eu não gostando de festa para comemorar, mas como a vida segue o percurso determinado por Deus, sempre me acontece alguma coisa diferente.

Este ano faz 6 anos que minha vida deu uma reviravolta extamente nesse período, no meu íntimo eu sabia que tudo que estava acontecendo seria para melhor, mas como toda mudança gera insegurança, eu fiquei meio confusa, e me agarrei com unhas e dentes na mão de Deus rezando dia e noite, o tempo passou e as dificuldades também, então entendi que aquela reviravolta era mais um presente de aniversário que Deus esta me dando.

Vez por outra eu tenho uns pressentimentos tão reais que muitas vezes me assustam e meu coração tem me dito que Deus está prestes a me dar um empurrão, já que ele tem me chamado e eu tenho fujido.
Esses dias tive uma surpresa e ja estou pensando que vai haver mais uma mudança em minha vida, mas desta vez estou mais confiante, se Deus quer fazer esta mudança é porque está na hora. Senhor estou em suas mãos, seja feita a vossa vontade.
A mudança a que me refiro, ja venho sendo forçada por minha familia algum tempo para tomar essa decisão, mas me encontro numa situação tão confortável, sinto tanto prazer no que faço, que por isso sempre arrumo uma desculpa para continuar na zona de conforto, mas tudo na vida tem começo e fim, por isso temos que aproveitar todas as fases e viver cada dia como se fosse o último.

Certa vez li um conto que dizia:
Um Homem pediu a Deus uma flor e Deus lhe mandou um cacto, o homem desprezou o presente achando que Deus havia se enganado, depois de alguns dias voltou para ver o presente e daquele cacto havia nascido uma bela flor.
É que muitas vezes para colhermos as flores precisamos furar os dedos nos espinhos das roseiras.  

Quem sabe, de repente posso estar enganada, se estiver, contarei aqui outro dia.