domingo, 10 de abril de 2011

PEROLAS DA VÓ ALMIRA - 2º CAPITULO

Conforme prometi, aqui vai mais um capítulo: Perólas da Vó Almira

Há mais ou menos 15 anos anos atrás, (ela ja tinha mais de 70 anos) morava na casa de Vó Almira, o seu filho mais novo, e dois netos que na época eram adolescentes, como sabemos homem quando está na adolescencia tem muita curiosidade e interesse pelo sexo.

Então eles gostavam de assistir filmes de conteúdo adulto, mas para isso esperavam que Vó Almira adormecesse, mas já ficavam o controle remoto na mão, pois de vez em quando eram surpreendidos com Vó Almira de pé.

Certa vez, quando o dia amanheceu e estavam todos à mesa tomando café, falavam alguma coisa em código sobre tais filmes, aí Vó Almira perguntou: Que filme era aquele que vocês asistiram ontem? Aquela mulher gemia tanto que eu fiquei tanta com  piedade do sofrimento dela que já estava para me levantar e pedir pra vocês desligarem a televisão.

Foi uma gargalhada em só, todos surpresos porque achavam que ela estava dormindo e também pela pergunta inocente, ela ficou meio sem graça, pois não entendeu o motivo da gargalhada. Então um amigo dos meninos que estava presente e também era companheiro nas sessões explicou:
Dona Almira, não era filme de sofrimento não, era filme de encherimento!(sexo)
Mas Vó Almira não perdeu o rebolado e respondeu: Hiiixe, vocês gostam dessas porcarias???..

Daí por diante  os filmes de conteúdo adulto, nós apelidamos de filme de sofrimento, e vez por outra se ela nos pega falando sobre o assunto, ela olha e dá um sorriso assim meio sem graça e sai de perto.

Vó Almira tem uma audição privilegiada e uma percepção tão aguçada que dar até inveja.
Hoje ela tem 89 anos.