sábado, 20 de agosto de 2011

SER OU TER?

Quanto você vale? É dificil de aceitar a resposta, mas infelizmente no mundo em que vivemos cada um só vale o que tem na carteira, se nada tem nada vale.

Não adianta SER e não TER.

As  pessoas que só acreditam no TER  são dignas de piedade, quando o TER acaba não sobra mais nada, só o vazio, e muitas vezes é tarde demais para correr em busca do tempo perdido.

As palavras amargas que ouvimos nos momentos dificieis deixam marcas profundas que nem o tempo consegue apagar.

Vamos parar de julgar  o próximo, nosso julgamento muitas vezes acontece antes de sabermos a verdade sobre os fatos.

Jesus quando veio ao mundo nos deixou o ensinamento de amar a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a si mesmo.

A vida aqui na terra é muito breve, os bens materiais que são adquiridos aqui também ficam aqui, o TER que gera tanta guerra, quando morremos  serve para  os que ficam continuarem brigando, partimos sozinhos e   sem  nada.
A morte é justa, ela sim vem para todos, independente do que você tem  na carteira, o seu patrimônio tem que ser construido  com o SER.